Fotografia | Projetos

Mês a Mês – Abril

Postado por em abril 4, 2016

Quanto tempo não participo de um projeto fotográfico hein?? Tem um bom tempinho sim e felizmente tive a chance de voltar a participar agora porque a Nicolle me convidou para participar do mês a mês. O mês a mês é um projeto bem simples e criativo, consiste em você postar fotos no dia em que o número do mesmo corresponda ao número do mês: 01/01, 02/02, 12/12, ou seja, 1 foto em janeiro, 7 fotos em julho, 11 em novembro e por aí vai. Parece que a Nic leu minha mente porque eu sempre adoreeei o projeto mas nunca tive coragem de pedir para participar, muito muito muito obrigada Nicolinda ♥. Vou mostrar as fotos primeiro e lá em baixo eu falo um pouquinho mais:
008010012015
As fotos que eu escolhi são fotos que tirei já há um tempo mas guardei elas para o projeto porque fiquei divinamente encantada por elas, a borboleta fez uma exibição completa para a lente mas eu só pude escolher quatro fotos. Não escolhi as melhores mas sim as que mostravam a borboletinhha de ângulos diferentes (pausa rapidinho aqui porque quero comentar uma coisa: Desde que virei madrinha eu não consigo falar, pensar, ver uma borboleta sem lembrar daquela música “borboletinha ta na cozinha fazendo chocolate para a madrinha”, eu lembro na horinha da minha afilhada hsuahsa) e acho que posso dizer, dentre essas que escolhi as minha favoritas são a primeira e última do post, lembrando aqui que a foto em destaque não é a mesma foto da penúltima invertida tá? Hahahah, a borboleta não se incomodou comigo mais ou menos perto dela – considerando que usei a 300mm não estava tão perto assim – e se mostrou de todas as maneiras possíveis.

Deixa só eu perguntar uma coisinha: nessa última foto, a asa da borboleta não dá uma gastura enorme em vocês?

Fotografia

As graças do meu jardim

Postado por em outubro 26, 2015

Meu mais os menos jardim porque o que temos aqui em frente de casa é algo indefinido hahah. Mas minha mãe sempre gostou muito de flores, árvores e folhas e foi dela que eu devo ter puxado e por isso é bem verdinho aqui em frente, tem manga, maracujá, limão, romã, já teve mexerica e mamão e coisas que eu nem devo saber ou lembrar. Queria chamar esse post com algo relacionado a primavera, tipo: “As graças que a primavera trouxe ao meu jardim” mas desisti, achei assim melhor e assim ficou.

Como já disse em posts anteriores o meu maior dos maiores desejos e me mudar daqui, se for sozinha é obvio que eu iria pra algum apartamento e a minha maior perda seria isso, as árvores, “minhas” árvores, essa natureza mais pertinho de mim. Pensar em não ter isso me deixa triste mas não é algo me impeça de mudar.













O legal de ter muito verde é que a qualquer momento que eu tiro o fone de ouvido tem um pássaro cantando e outro respondendo. Nessa época de mangas se acordo cedo vejo vários miquinhos por aqui e outros pássaros além dos que já vejo todos os dias, também não tem nada melhor do que querer suco e buscar o limão na porta da sala. Aqui tem muuito mais flores do que essas nas fotos mas elas estiveram radiantes algum tempo atrás, agora é época de outras. A imagem em destaque eu quis escolher essa exatamente por causa dessa última frase, uma rosa é mais nova que a outra e tem botões que ainda nem abriram, enquanto uns vão, outros vem. ♥

Esse foi um post rapidinho e improvisado já que semana passada não teve post e a inspiração mandou lembranças lá do além. E ah, tá tendo mais interação lá página do blog galera. Bora me tirar do vácuo xD. Beijos!